domingo, 16 de outubro de 2016

Tara

“ O que teria sido se eles tivessem sobrevivido? – disse Melanie, triste - Sem dúvida, poderíamos usar a coragem, a energia e o raciocínio deles. Scarlett, todas nós que temos filhos pequenos precisamos criá-los para assumir o lugar dos homens que se foram, para serem homens corajosos como eles.

— Nunca mais haverá homens como eles — disse Carreen baixinho. — Ninguém conseguirá tomar seus lugares.”
















"Não chore. Você irá para casa, minha menina valente. 
Você irá para casa. Não chore." 




Enquanto existe Tara, a gente acredita que é possível. E se Tara é menos um lugar que uma relação, é preciso reinventá-la e retardar a ação do vento (e do tempo e do álcool, como bem disse meu tio).

E reafirmar: amanhã será outro dia.

2 comentários:

Marissa Rangel-Biddle disse...

Estive aqui. Ser-Tao!

Carolina Botelho disse...

Meu livro favorito sendo citado no blog que leio e tanto admiro!
Um abraço carinhoso o/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...