quarta-feira, 16 de março de 2016

Balão


Eu já falei até vocês enjoarem que eu achava que não ia fazer mais nenhum amigo depois do 30 e tal e coisa. E também já contei que achar isso revela o quanto eu era parva. No meu peito, agora, tem uma ala em permanente festa destinada aos amigos tardegos. Como o Welber. Já dei intimidade pro Welber como a poucos. De bulir por dentro. Sem eu ver. Confiando. Vai na boa. E ele tem me salvado. De mim mesma, às vezes. Quando eu peço, sempre; e muitas vezes salva também sem um dos dois saber que é preciso. Ou mesmo os dois. Ele apenas chega. Ou chegam suas palavras. Já trocamos cartas. Poucas. E abraços. Menos ainda. Mas afeto, tem de ruma. Hoje ele disse, brincando, que estava carente, que queria coraçõezinhos nos comentários. Não, eu não acho que onde há fumaça há fogo, sempre. Mas já teve. Ou pode vir a ter. E se nem toda brincadeira é uma forma de verdade, algumas verdades escapolem entre risos. Pois aqui vão corações mil: bobo, bola, balão, são joão.


E como uma coisa puxa a outra, fui remexer no baú do blog e lembrar: A amizade é um amor. Um amor feito de delicadezas e muitas imperfeições. Feito de partilha, de mãos enlaçadas e sonhos desembaraçados. Um amor feito de confissões e risadas. A amizade é um desvelar-se. É aconchego, aceitação, encontro. É pegar o coração do outro – pulsante e dolorido – com mãos nuas.  Amizade é surpresa, é descoberta, é improviso. E é constância. Continuidade. Certeza. Amizade é limite. Nosso. Do outro. Amizade é tempo se fazendo abraço e abraço se fazendo certeza. Amizade é poder falar muito e por muito tempo sobre nada e, ainda assim, ser das melhores conversas que já se teve. Amizade é andar lado a lado em silêncio e não haver incômodo nisso, cada um perdido em seu labirinto de sentidos. Amizade é construir um dicionário conjunto, uma linguagem tão íntima e própria que a gente se surpreende de ter havido uma época em que não se falava assim. A amizade é uma coragem, uma alegria, uma entrega. É despir-se pro outro. Amizade é inspiração e cumplicidade. Amizade é cuidar, é se permitir, é acreditar. Amizade é esse balão que nos permite um alívio, um descanso, tirar os pés do chão.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...