domingo, 4 de agosto de 2013

Diário de Bordo: Garrafinha de São Paulo

Alguns comentários rápidos sobre minha temporada paulista:

- chamo de “lá em casa” todo lugar onde durmo uma noite;
- tenho os melhores amigos;
- vivi de saudades do Lemuel;
- morri de saudades da Iara/Daniel;
- passei a gostar bem mais de pandas;
- encontrar a biscataiada é um gozo;
- ganhei dois elogios tão queridos que já podem ser inseridos naquela lista;
- eu tenho a bunda virada pra lua;
- a Babi, além de linda, salvou minha vida;
- mantenho o costume de embebedar os filhos alheios;
- continuo gostando do samba seja em seu berço seja em seu túmulo;
- tem coisa boa que faz a gente sentir falta da coisa nossa;
- não deu tempo encontrar algumas pessoas muito, muito queridas;

- eu sempre pago excesso de peso na mala da saudade.

5 comentários:

Marissa Rangel-Biddle disse...

Embebedando fiiii alheio. Hum!


Tina Lopes disse...

Tá voltando?

Rita disse...

Excesso de peso na mala de saudade. óin.

Iara disse...

Saudade! <3

Daniel Nascimento disse...

Mas deu uma saudade agora de você, de você em SP, da Babi e do Amigo, daquela fuzarca que amo odiar e odeio amar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...