quarta-feira, 6 de julho de 2011

Olhos nos Olhos

A vida correndo aqui e as palavras chegam escassas. É que só tenho vontade de deixar meu corpo se entender com outro corpo neste ritmo aqui. No mais, notebook subiu no telhado e estou usando o computador da mamys. Rezemos pra existir solução melhor que o seguro simplesmente me dar um novo. Eu não tenho backup.

Se quiserem me ver em melhor forma eu estou na Revista Perspectiva, numa matéria sobre cinema e os 5 sentidos. Ou no Blogueiras Feministas, falando de Leila Diniz. 


Olhos nos Olhos
Eu gosto de listas. Sempre deixo algumas por aqui. Minha vida é desarrumada. Meu coração é bagunçado. Talvez uma ou outra seqüência de letras me ajude a lidar com meus labirintos. Então, listas. 

Lista: Olhares que quero pra mim

Olhar Quero Sempre

Eu sempre gostei da Cristina (oh, yes, vejo Grey's Anatomy e tenho personagens preferidos, shame on me).  Ela sempre provocou os olhares que eu espero, primeiro do Burke e, agora, mais perfeitamente, do Owen. Tem que ter uma fome de mim, mas com um ar galhofeiro. Tipo Gable. Esse é o olhar que faz minha perna bambear e faltar o fôlego. Esse é o olhar pra paixão de primeiros dias e, com sorte, de várias noites.


Olhar Quero Pra Sempre
Nino Belvedere é um dos meus personagens preferidos. Ele tem um desejo tão terno no olhar que eu fico com vontade de ir lá, dar um abraço nele. Que gostoso que é vê-lo admirando sua mulher e ansiando fazê-la feliz. Quero reencontrar esse olhar, um dia, saber-me frágil e bela, permitir-me ser, isso é tão doce que faz tremer não a perna, mas a alma.

Olhar Descobri Você
Bogart tem uma coleção de olhares perfeitos. Ele consegue ser forte e vulnerável. Entregar-se, no jeito meio surpreso e ansioso de olhar. Ele suga com os olhos, espiral de desejos. É isso, é assim: um alguém a quem eu falte.

Olhar Você me Faz Feliz
E há dias em que o outro me faz feliz porque eu o faço feliz. Sabe riso na pontinha do olho? Sabe cumplicidade, intimidade, verborragia ou mudez, conforme a índole, mas a certeza que sim, aqui no teu abraço é o canto certo? Também quero acordar me vendo nesse olhar.

Olhar Só Mais Uma Vez

Esse é o olhar mais difícil, mais dolorido, necessário e terno, sentido. Porque quem chega deve saber partir. O amor sempre acaba. Ou porque acaba a vida que o mantinha ou porque acaba em vida e, às vezes, acaba com ela. Às vezes perdemos o bonde e não nos permitimos este olhar intenso e voraz. Mas cruzar olhos sabendo a última vez quando se queria tanto mais é de uma beleza atroz.

6 comentários:

Juliana disse...

Não sei se dou conta de fazer uma lista, mas vou tentar. posso?

Menina, Grey ´s anatomy? Única coisa nesse mundo que me faz soluçar semanalmente, além da terapia. hehehehe

Menina, Cristina e maluca, né? Mas, aff, tem uns homens que ... ai... kkkkkkk

Diario de Uma Depressiva disse...

estou seguindo... vamos compartilhar experiencias! parabens pelo blog!

Long Haired Lady disse...

o olhar aquele que revela tudo…ainda tenho guardado um olhar atrevido que flagrei dele para mim …rs

Atitude do pensar disse...

Chico já me diz tanto sobre olhares; do adeus, da dor, da saudade, do amor. E foi tão bom conhecer os seus...
Fui lá na revista, que delícia. Ainda lendo, mas chego lá.
Cheiros

Glória Maria Vieira disse...

O Olhar só mais uma vez... O que é isso, ein?! Todos lindos demais, mas esse então...

Lílian disse...

Bom mesmo é fazer a leitura da lista enquanto a música rola ali, depois de apertar o botão do primeiro olhar. Quero sempre! BJUS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...