segunda-feira, 18 de abril de 2011

#Mimimi

Carro no prego. Rendimento menor que contas. Garganta doendo. Semana Santa at home. Flamengo empatando com Macaé. Nenhum telefonema. Prazo  no pescoço para terminar 03 artigos. Sono atrasado. Saudade dos amigos. 
Mas...
Eu tenho muita sorte porque não vou fazer sexo hoje nem, provavelmente, nos próximos dias (tá, estou sendo otimista, não há previsão mesmo). Porque sorte? Porque se houvesse uma remota possibilidade eu engravidaria com animação. E, todos sabemos, seria uma péssima idéia, não tenho humor, dinheiro nem jeito pra ser mãe again. Este fim de semana viajei pra visitar mamys, papys e conhecer minha nova sobrinha. Foi ver e doer. Doeu o ventre querendo peso. Doeu o seio querendo leite. Nem vem com papo de instinto materno. Não existe e, se existisse, eu não tinha. Mas deu uma saudade/vontade daquele cheiro bom de recem-nascido, daquele peso morno no colo, daquela entrega absoluta. 

Eu sei, este post está tosco mas o blog é meu e eu resmungo o tanto que quiser \o/. Madrugada, quem sabe, alguma coisa melhorzinha pinte na área. Por agora você pode fazer como eu e ser mais feliz ouvindo Doris Day:


When I grew up and fell in love,
I asked my sweetheart, what lies ahead,
will we have rainbows
day after day?
Here´s what my sweetheart said:
que sera, sera,
whatever wil be, will be
the future's not ours to see.
que sera, sera,
what will be; will be

15 comentários:

Palavras Vagabundas disse...

Tá, faz bastante mimimi... a gente espera melhorar.
bjs
Jussara

Belos e Malvados disse...

Ai Borboletas, quando me dava essa vontade de ser mãe novamente eu me contentava em mimar os sobrinhos. Funciona.

Danielle Martins disse...

mimimi...
:(

Rita disse...

Hahahahahaha! tá bom, parei.

Nóssinhora é bom, boba.

beijo
rita

Iara disse...

Bom, como não há saudades do que a gente não conhece, desse mal eu não sofro. =D

Allan Robert P. J. disse...

Ainda é cedo (18 e 16 anos) mas começo a esperar pelos netos. :)

BsVoxx disse...

Borboleta,

Eu nunca fui mãe, nem pai, mas sinto de tempos em tempos meu relógio biológico gritar ... certeza, se eu tivesse utero ja teria tido 3 filhos ... bjs e melhoras

Atitude do pensar disse...

Lu, a gente não pode juntar todo esse aperto aí com cola de sapateiro ou chiclete mesmo, e depois jogar dentro de alguma caldeira bem quentinha???
Olha, quando tive vontade de engradivar ganhei uma gatinha bem pequenina, tive que dar leite na boca, massagem na barriguinha e até hoje ela se joga morninha em meu colo, emitindo sons deliciosos.
Vai ouvindo bastante Doris Day, quem sabe tudo acaba no final do CD...
Agora, se não acabar, tamu aqui.
Bjin

Ana Duarte disse...

Borboleta, querida!
Eu ultimamente tenho tido vontade de ser mae ( e olha que nem conheço o que é isso ainda). Mas por varios motivos, nao posso agora. Enfim...
E pode reclamar a vontade! :-)

Ah e me desculpe pela falta de resposta la no blog, estou dando um tempo por la... problemas!
Mas continuarei vindo sempre aqui!
Bjos

Long Haired Lady disse...

um dia eu quis sentir uma vida dentro de mim…mas quando pensava em todo trabalho quando saisse de lá…rsrsrs

Dona Lô disse...

Não acredito em instinto materno, e, se existisse, eu também não o teria; aliás, nunca tive. Amo meu filhote, mas realmente não tenho o menor jeito de mãe, não tenho saco com criança pendurando em mim, não houvi os tais 'sininhos' que um monte de gente vive falando ouvir. Por isso, uma vez prá mim foi suficiente.
Também sinto saudades da gravidez, da amamentação, do bebê fofucho e fragilzinho no colo porque é a fase mais gostosa, antes de eles aprenderem a amarrar os sapatos e te irritarem o tempo todo com a desobediência, rsrs. Mas daí mato a saudade com o filho dos outros. É ótimo: chorou, devolvo!
E o post não tá tosco nada!

Shuzy disse...

óóÓÓóiiin
Sabe... Também não tenho nem um pinguinho desse tal instinto materno, mas, essa vontade doiiida de ter um bebê, ah, essa sim! Vive a me perseguir!

Rafa disse...

Adoro post tosco tipo pé no saco, punnho na mesa... Bj

Luana disse...

Cheirinho de nenem é taaaao bom!!! Mas eu nao tenho vocação/vontade/desejo/condiçoes/jeito para ser mãe... Até a minha mãe (que eh doida e teve 4) ja me disse isso... Entonces... =)

Menina no Sotão disse...

Imagina alguém aí que está aqui atualizando a leitura e ficou com aquela sensação de "urgh" em cada centimetro do corpo só em imaginar o leite no seio, o peso no ventre, o corpo todo aumentado, o cansaço, o enjoo e depois o choro. Aff
Cara de horror mesmo. kkkkkkkkkkkkkkkkk
Adoro sexo, mas bem seguro. Mio amore não pode mais ter filhos. Me sinto tão em paz com isso. E comigo não rola esse lance de ecos da maternidade gritando em mim não. kkkkkkkkkkkkkk
Eu já tenho um cão.
bacio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...