segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O Rei e Eu

Então, o Oscar. Agora que já passou, os meus comentários podem ser feitos na real dimensão que eles tem: nenhuma. E é por isso, acho, que é divertido. E eu tenho a dizer isso: Uhhhuuuu, Colin, arrasou! 

Eu, em muitos momentos, sinto-me como Judy Garland cantando para Gable (se você NÃO sabe do que estou falando, veja aqui). Colin é um dos que me provoca isso: tietagem explícita. Ele é belo, concordemos. Mas não é isso, ou não é só isso (consinto), que me comove, pois além da beleza estar mesmo nos olhos de quem vê - atravessando uma convergência cultural, claro; o meu gosto é sempre eclético para homens. 

Colin é versátil. Eu recordo o primeiro filme em que o vi: Valmont. Com extrema má vontade eu assisti, já que Ligações Perigosas é praticamente minha Bíblia e, ainda assim, ele me conquistou (embora meu Valmont de sempre seja o John e seu olhar enlouquecido). Daí pra o Rei de hoje eu o amei como duplo Darcy, irritou-me como Lord Wessex (e era isso mesmo que devia fazer, não estou reclamando), encantou-me em Febre de Bola e Hope Springs, enterneceu em Simplesmente Amor e Nanny McPhee, fez rir no meu estimado Bridget Jones, rebolou em Mamma Mia, comoveu em A Single Man, foi fofo no bobinho Tudo que Uma Garota Quer...Ou seja, ele tem borogodó e ziriguidum. E eu já disse que ele fala português? deve ser treinando para me dizer...Muito prazer!

De resto, gostei muito mais do que pensava que gostaria de Bravura Indômita (que diálogos ricos, em alguns momentos quase - eu disse, quase - senti-me nos bons tempos) e um pouco menos que eu esperava gostar de Cisne Negro (mas eu esperava gostar demasiado e realmente Natalie Portman esteve impecável). Toy Story é o filme do ano, não tenho dúvida nenhuma. E eu vou lamentar pra sempre o descaso que a Academia tem com ficção científica porque A Origem é um senhor filme ( o que me leva ao enigma DiCaprio: se me perguntarem, não gosto, mas daí começo a lembrar quantos bons momentos ele me deu - Prenda-me se for capaz, Os Infiltrados, Diamante de Sangue, O Aviador, Foi Apenas um Sonho...e aí tenho que engolir meu não). 


PS. Uma excelente análise o Oscar, quase de todo oposta à minha (e que viva a diversidade!): o sempre sagaz Chico Fireman.

É Campeão!
Mas o melhor do meu dia não foi o Oscar. Foi ver o Negueba jogando. E ver o Ronaldinho rindo. E ver o Flamengo levantando a Taça Guanabara. Oh, meu Mengão, eu gosto de você, quero cantar ao mundo inteiro a alegria de ser rubro-negro...

Sabe o que é sentir-se viva em toda intensidade? Sentir a pele arisca, os olhos úmidos, o coração fazer um baticum no peito? Sabe o que é sentir-se parte e inteira? Sabe o que é ter todas as revelações sem palavra nenhuma? Sabe o que é ter, enfim, todas as perguntas e todas as respostas e o sentido de tudo, mesmo que se perca no momento seguinte? Sabe o que é perceber o que é o humano e todas as suas belezas? Sabe o que é ter um amor enorme pelo Outro, pelo belo, pela possibilidade do vir a ser? Sabe o que é ser completa e inteiramente feliz? É isto aqui. Permita-se. Escute.

Selos e Memes
Ganhei do Travessia, o blog da minha amada HG, o selo aí ao lado. Como já escrevi aqui, imortalidade não me interessa, mas hoje, acrescento (pra fazer valer o presente, né) que transformar eternos alguns momentos até que era de bom tom: todas as vezes que me reclinei e senti o cheirinho do cangote do meu filho, banho de chuva com toda a família no corredor da casa da mamys, meu primeiro orgasmo, quando estava chegando em Roma e o céu se pintou de dourados, as voltas de Maranguape badalando no carro, a entrada no Maracanã, os instantes em que as cartas chegam, o show da Bethania...

Fui convidada a responder este meme pela minha amiga Dani do Olhos do Coração...


1. Tem vários. Eu releio muito. Por exemplo, não há nenhum dos mais de sessenta livros da Agatha Christie que estão nas minhas prateleiras que eu tenha lido menos que cnco vezes. Leio "O Chefão", "O Grande Gatsby", "A Insustentável leveza do ser", "E o vento levou" pelo menos uma vez por ano. Tem A Filha Pródiga que já nem sei quantas vezes devorei. E, claro, Clarice.

2. Creio que Em Busca do Tempo Perdido (porque é enorme, né). Ou Para Uma Menina com uma Flor, Vinícius, porque é terno. Não, não, já sei: Os Irmãos Karamazov porque eu nunca me sentiria solitária.

3. Indicações: o que estiver à mão, ler é sempre um prazer. 

4. Não indicarei dez blogs, já são quase cinco da manhã e preciso de uma hora de sono antes de levantar pro dia louco que me aguarda. Mas peço ao meu afilhado Júlio, do sem cortes e sem edição, que faça o favor de responder.

5. Não deixem de visitar o Olhos do Coração que faz a gente ver tudo com um maior amor.

9 comentários:

Long Haired Lady disse...

eu nem assiti eu adoro ver o oscar, desde crianca ( estou com um mac nao sei usar os sinais).
adoro o collin, me apaixonei por ele em Bridget Jones.
com relacao ao mengao, eu sei exatamente como e esta paixao!!!!

eu teria um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no mundo!

Atitude do pensar disse...

Uau, Lu.
Li tudo com tanta ânsia que, estou sem fôlego!
Ahhhhhhhh, o Colin é tudo de bom, já havia assistido alguns filmes com ele, mas ele me conquistou em "Simplesmente amor".
O livro "A insustentável leveza do ser" é um dos meus livros de cabeçeira. Estou lendo "Rísiveis amores" do Milan, apesar das reservas me encantei...
Bjin,
K.

BsVoxx disse...

Origem realmente é um senhor filme ... ToyStory também foi fantástico, muito legal quando uma continuação é tão boa quanto o original ... Qdo você falou do Collin, eu pensei em quem seria meu Colin e não consegui me lembrar de ninguem ... vou continuar procurando ...

Cáh disse...

Ai como vc é linda!!! Eu perdi ontem pq a TV resolveu 'dormir'... ahhahha


Mas olha, eu estou agoniada pra ver o Bravura Indômita, Cisne Negro me arrepia só de pensar, não me dou bem com filmes que bagunçam demais a mente... ahahha

mas o comentário do Ronaldinho e afins eu dei risada...


Linda borboleta!


Beijo-te!

Erica Gaião disse...

Borboleta!

Gostei à beça daqui e vou ficar... Estou te seguindo e adicionando um link lá no meu blog.

Bjs.

Erica

BsVoxx disse...

Acabei de assistir o clipe de o Discurso do Rei ... o filme parece fantástico e a atuação do Collin pelo clipe já é um show ... quero ver para ontem ...

Danielle Martins disse...

Só falta você dar uma voadinha por lá de vez em quando...

Rafa disse...

Eu acho o Colin um charme..aiai (Mas eu tb sou muito eclético para homens)

E vai dormir! i hora é pouco, muito pouco

Bj

HG disse...

Tb adoro o Colin e fiquei muito feliz pelo prêmio, mesmo sem ter visto o filme, ainda... o famoso: Não vi, mas gostei!!!! kkkkkkk
Fiquei sabendo agora, por ti, do nosso mengão! Viva!!!! E que vídeo espetacular, amiga!!!
Beijossssss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...