sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Alguns devaneios....

Os parabéns da Joana, deixei-os neste post aqui. Achei que eram demasiadas informações empanando seu brilho raro.


Primeiro Devaneio

Eu tenho uma relação bem tranquila com a morte, gosto das marcas de envelhecimento, não me estresso com cabelos brancos e rugas, sou confortável com meu corpo e não me comparo com padrões externos de beleza. Tive ótimos relacionamentos amorosos e me lembro de todos com enorme carinho. Por causa dessas coisinhas tem gente que me considera uma mulher bem resolvida. Um enorme engano. Há tantas coisas em que me considero inadequada e tenho outras aspirações. Por exemplo, eu queria ser daquelas mulheres que deslizam. Não sabe como é? Está lá, nos livros meia-boca: ela não andava, deslizava, leve. Mas o meu jeito de andar? Saltitante. Primeiro o calcanhar e depois a palma do pé. E eu queria ter uma voz meiga e suave, assim. Mas minha voz é rouca e oscilante. E eu queria sorrir discreta e misteriosamente, mais com os olhos que com os lábios, insinuante. O que me cabe? Uma gaitada de acordar a rua, rio em stéreo e em 3D, cabeça joga pra trás. E, ai quem dera, fazer bordado, ter mãos em movimento discreto e hipnótico. Mas eu? Gesticulo mais que guarda de trânsito italiano em horário de pico. E, claro, eu queria falar francês e italiano e ler em alemão, queria dançar tango, saber recitar e ter lido todos os clássicos. Ah, queria ter boa memória, também. Ou seja, queria ser uma Audrey e me sobrou um misto de Cláudia Cardinale com Sônia Braga, mas sem o sexy appeal de uma nem os bons ossos da outra. 

É Festa 2!
E eu não digo que este blog me traz alegrias? Primeiro foi a S., aqui, como eu já falei, numa linda brincadeira com o texto do Vinícius que eu amo de paixão (ambiguidade intencional, amo Vinícius, amo o texto...). Depois fui mimada aqui e me derreti. E aí, porque alegria pouca é bobagem, ainda vem a Liliane e diz essas lindezas no seu Ponto de Fuga.

Segundo Devaneio ou Eu Me Delato, Tu Me Relatas...
 Então, confesso. Quero. Quero não precisar dizer mais nada e já saber-me no teu colo. Quero tuas mãos grandes, teus olhos cansados, teu desejo tão novo e direto. Quero que chegues e eu já não possa respirar. Quero adivinhar teu cheiro, encaixar-me em teus anseios, ignorar os abismos. Quero não levar palavra nenhuma e encher-me do silêncio dos que desejam apenas. Quero que o que eu não te digo seja como um grito, agora: gosto de ti. Quero que te percas nas minhas indicações e que tenhas como mapa apenas os meus olhos fechados e o arfar do meu peito. Quero, em delicada urgência, ignorar o que não sabemos, não dissemos, não tivemos. Confesso: tenho pressa, eu não conheço amanhãs.




Entre Festas e Loucos Pensamentos...

Ganhei este selo aqui. Geralmente fico feliz com selos, comentários e qualquer outra demonstração de leitores e apreço. Com este, que ganhei do querido e admirado blog 2+2=5 não foi diverso. Entretanto os dias foram passando e eu não postava...e isso foi me inquietando. Descobri, enfim. É que tem um superlativo aí que me deixou vermelhinha. Como assim recomendadíssimo? Ai, fiquei entre a alegria e a responsabilidade (sim, eu nunca recebo um selo sem reparar bem no que ele indica). Finalmente aceitei que sim, ela gosta de mim e acha válido que mais "gentes" andem por aqui. Tratando então, de cumprir as regras do selo que são responder umas perguntinhas e indicar blogs pra receber o selo. Primeiro as perguntinhas

Nome: vocês já sabem...
Uma música: Nos Combates Desta Vida - de D. Ivone Lara, assim, cantada pela Bethania
Humor: Bom, com certa síndome de Pollyana
Uma cor: Vermelho (alguma surpresa? não, né)
Uma estação: de trem.
Como prefere viajar: muito, sempre, agora...qualquer destas respostas vale.
Um seriado: ahá, o que estiver passando.
Frase ou palavra mais dita por você: meu amoooorrr...
O que achou do selo: Uma baita responsabilidade e muito cativante.


10 comentários:

Juliana disse...

Quantas informaçoes num só post. pra variar,né? hehehehe

Vc tem voz rouca??? olha, tem que postar sua voz aqui, hein!!!

Nós e aquilo que nao queríamos ser ou ter! kkkk Eu tenho uma voz fina e infantil e adoraria falar rouco e sexy. Sou toda grandona e tem dias em que queria ser mignon, mignon.Ah, como eu queria maozinhas delicadas, olhos grandes e uma voz sexy. Mas, né, nao dá pra mudar ,entao o negócio é seguir fazendo charme por aí. kkkkkkkkkk
Beijoooo

Liliane Gusmao disse...

Que lindos encontros, aqui e ali...
Coincidencias felizes de encontros amigos! Nada estranho uma borboleta querida que recebe muito carinho!!
bjos

S. disse...

adoroooooooo. recomendo aqui tb. muito e sempre.

S. disse...

e lembre-se, vá treinando..........

Menina no Sotão disse...

O que dizer desse post? Fui respirando fundo, sentindo as coisas pelo caminho. Me perdi no seu devaneio. Com toques, carícias, encontros, tropeços. Portas abertas, janelas fechadas, vento, calor. Vamos parando por aqui. A imaginação corre. Melhor: voa.
Olha, pode se acostumando com a idéia dessa pessoa aqui gostar de ti também e mais, adorar vir até aqui e se alimentar de sensações várias através de sua escrita. É isso. Falei.
bacio

Júlio César Vanelis disse...

Poxa, chegram antes de mim... kkkk
Eu acabei de receber esse selo, e ia indicar a você, madrinha... Bem, indicada você sempre será, só que vou passar o selo para outro blog, já que agora vc já o tem... xD

Eu adoro os seus textos, especialmente os devaneios... Sabe essas mulheres que deslizam? Eu já conheci uma, certa vez... É realmente como nos livros, não é?? rsrsr

Adoro mais ainda quando vc nos dá uma ideia física sobre você. Detalhes que por aqui podem parecer não ter muita relevancia, mas que tem sim... Acabamos tendo a sensação de que já a conhecemos pessoalmente...

Um beijão madrinha... Até o próximo

HG disse...

Blog recomendadíssimo (2)!!!!
Concordo, plenamente...
Saudades e beijos

Danielle Martins disse...

Blog recomendadíssimo(3)!
Muita, muita, muita saudade de ti!

Mari Biddle disse...

Borboleta, seu blog é uma delícia, uma achado, de uma ternura.

Eu acho que dançar tango não deve ficar na lista do Eu Queria Fazer Isso - deve ir logo pro 'me matriculei na aula de tango'.

Você anda numa vibe tão sexy ultimamente. Hum...

bjs

Caso me esqueçam disse...

quando era pequena, achava que eu tinha voz de menino. achava estranho isso e aquilo. achava que nao me encaixava. e acho que nao me encaixo. falo feito um menino na maioria das vezes. a diferença eh que entre a luci de agora e a de antes, veio a percepcao de que eu nao precisava ser doce e que tinha gente que gostava de mim assim e... eh bom :)

eh bom ser meninoooooooooo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...