domingo, 19 de dezembro de 2010

Outro Retrato em Branco e Preto

Será que você pode chegar logo, por favor? Chegar com seus olhos desconfiados e serenos, com suas mão grandes e curiosas, sua voz rouca, suas idéias extravagantes, sua história tão outra da minha. Será que você pode se apressar? É que deixei todas as portas abertas, todas as janelas abertas, todos os olhos abertos, todos os poros abertos, despi-me de história, espero-te nua e, agora, faz muito frio.

Eu só quero sentir a dor de não estar com você. 

Estou cansada de não te conhecer. 

É que hoje estou, de novo, entre caixas. Já não sei falar sobre isso sem a sensação de que já disse tudo e só o vazio prossegue em seu resmungo. 

Pois era uma vez uma menina que nasceu tão velha que já tinha memórias do que nem tinha acontecido. Seu tempo era ontem, mas ela chegava depois. Vivia nos amanhãs. Os dias eram sempre bons, pois já tinham sido. E ela se sabia toda e ria-se disso. Vertia sangue, se houvesse corte e, nos olhos, trazia sal. Era amiga do tempo e colecionava estrelas. Em noites de lua, contam, ela virava rua e se deixava andar. Seu espelho era de letras e ela se dizia, mas ainda não sabia ler. Esperava quem a soubesse, mas nunca estava lá quando eles chegavam. Era uma vez uma menina, era outra vez. Só dessa vez, vamos chegar na mesma hora e descobrir que há pouso perfeito: teu peito.



Quem Não Sabe?

Vai ter presente no Borboletas. Idéia inspiradora, mais detalhes e inscrição, regras estão aqui (aperta que chega lá). 

Resumindo: farei sorteiosDois, pra ser mais exata. No dia 23 de dezembro, que sou dramática. Um dos sorteados ganhará um livro como mimo de Natal (que só chegará em janeiro, hohoho) e a outra pessoa sorteada nos presenteará com um post sobre o que quiser. O que quiser mesmo (só não pode ter conteúdo que me obrigue a mudar a indicação do blog para conteúdo adulto porque tenho a maior preguiça). O post será publicado também em janeiro, no dia 22. Quer participar? é só deixar um comentário neste post contando alguma coisa da sua relação com o blog Borboletas nos Olhos (tipo: como conheceu, o que gosta, o que não gosta, porque vem aqui, o que gostaria de encontrar aqui, sei lá, use a imaginação). 


10 comentários:

Allan Robert P. J. disse...

"Pois era uma vez..." Bom texto. Poético. Gostei.

Prefiro não concorrer ao livro, pois o correio italiano deve estar aprendendo português e agradece muito cada contribuição.

Beijocas :)

HG disse...

O sorteio é dia 22 ou 23? Fiquei confusa, agora...

Caminhante disse...

Ó, você sabe que estou sempre por aqui, mas não vou comentar lá não. Porque tem comentários lindos e, por hora, não pensei em nada assim. Cheguei aqui meio sem chegar e cá estou. Não acho certo de repente tirar o prêmio de quem te disse coisas tão legais.

Belos e Malvados disse...

Faço minhas as palavras da Caminhante. Posso, né?

Gui disse...

Lindo texto, querida.

Dá até um alívio saber que posso chegar em casa e ler algo tão profundo e tocante assim.

Beijos

Júlio César Vanelis disse...

Ahh madrinha... Lindo texto! É involuntário, mas eu já construi uma imagem desse tal que você descreve... Não sei se é o mesmo sempre, mas de texto em texto eu tiro um oedacinho e contruo o homem lindo para ilustrar esses seus textos maravilhosos... kkkkk

Quanto ao sorteio... é claro que eu já me inscrevi... Adoro um livro, e também adoraria postar para você!!!

Um beijão minha linda... Até o próximo post...

Wonderwoman disse...

... quero alguém que me saiba...

=)suspiros pro texto.
bjos

Shuzy disse...

Dessa vez você me acertou... Bem onde dói e de repente eu chorei...
Linda...

Atitude do pensar disse...

Acho que ele chegou, querida borboleta...
Suas mãos não são tão grandes, sus voz nem é tão rouca, mas seus olhos me enxergam na totalidade. E ele não se perde em "meu infinito particular". Tudo é tão novo, mas parece tão sempre...
Hum...cores, cores, cores!
Abraços apertados,
K.

Menina no Sotão disse...

Será que essa menina sou eu? Tenho lembranças de coisas que não me pertenço, de lugares que não são meus. Mas sempre visto tudo isso e levo comigo. Deve ser por isso que a mala no fim fica tão pesada. rs
Bacio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...