quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Cada Um de Vocês

Eu gosto de gente. Gosto de estar perto, conversar, rir, afagar. Gosto de ouvir, gosto de falar. Gosto de querer bem, gosto mesmo. Quando digo assim: amigo, meu coração fica morno e fico feliz. Quando digo: gosto de você, te amo, Love you ou suas variações, é aí que sou mais eu. Apesar de adorar rituais, datas marcantes, símbolos e afins, eu nunca me lembrei de comemorar nada disso referente a este blog. Não festejei um ano nem 100 posts nem 50o seguidor, nada de nada.
Mas  este ano (e por inspiração da Juliana), resolvi celebrar o Natal. Ou, ainda, usar o Natal para celebrar a presença de vocês na minha vida. E o carinho que quis dar me voltou de forma tão intensa que eu estou aqui, comovida. Os comentários aos últimos posts foram (ainda mais) cheios de palavras tão ternas que eu só posso festejar o fato deste espaço existir.
Um obrigada muito, muito sentido e emocionado a todos que estiveram por aqui comigo, elogiando, compartilhando, ensinando, amando. A todos os silenciosos. E aos mais barulhentos, ainda mais grata. Porque tantas vezes foi aqui que entendi que ser só é do humano, mas estar só não é obrigatório.
Meu abraço pra Aninha (que finalmente pode voltar a comentar), pro meu marido (de quem sinto saudade dia sim, dia sim, mesmo sem ter estado ainda no seu abraço que eu já adivinho aconchegante), pro Allan (generoso e presente, sempre, nem sei se ele sabe o quanto alegra meu dia quando tem bandeirinha da Itália ali na lista de visitas), pra Caminhante (sempre firme, elegante, presente, lê-la é um prazer, ser lida por ela uma satisfação), pra Bela, ah, Bela, eu escrevi assim: Love you e é tão verdade que eu queria estar numa confraternização de Natal assim, concreta, mesmo tocando Simone, se você estivesse lá também...o abraço rende e ainda vai pra Shuzy, uma linda bruxinha de palavras afiadas que me fazem sorrir e sangrar em igual medida e para a Dani, amiga que fez o caminho inverso de quase todos os outros (exceção Aninha) vindo do real para o virtual.
E eu nem sei o que dizer pra vocês outros inscritos no sorteio de Natal. Como ser elogiada pela Lu? Ela que faz das letras mágico encantamento no seu sótão inspirador. Eu sei, Lu, você sabe. Sabemos.
E a Juliana? Sapeca e sábia em igual medida, a menina de vida vermelha como a minha me traz riso e reflexão.
A Jussara. Poxa, a Jussara. Que desde a primeira letra virei fã e agora ela me diz: “das minhas”. Como minha escrita não seria sorridente depois disso?
A Amanda é um presente. Sabe gente inteligente? Daquelas sérias e eruditas? Pois ela não é assim :P, ela é daquelas inteligentes amorosas, brincalhonas, bem-disposta. E me lê. Porquê? vocês vão perguntar pra ela (mas parece que é porque eu sou fofa).
So Sad, a quem eu nunca escrevo meu email só pra manter o vínculo. Ela sabe somar, ah, sabe. E sabe amar. E viver. E escrever. E fazer tudo isso em poesia.
Daí vem a Clara e dá asas às minhas palavras. É no seu olho que tudo fica belo. A beleza está nela, claro está. Uma alegria é vê-la aqui, escrevente, quando tantas vezes eu a adivinho, silenciosa.
HG, eu te amo. Podia dizer mais, mas mais seria menos em relação a esse sentimento que não sei que dia começou e só faz se tornar mais verdadeiro e necessário.
Xará, porra xará, você me fez chorar (e escrever porra). A Luci é, sei lá o que é. Só sei que é linda e leve e me dá tanto de alegria. Ela é surpresa e, ao mesmo tempo, conforto. Eu sei, com a mais absoluta e serena certeza, que um dia estaremos juntas as três: eu, ela e uma cerveja. Ah, haverá riso.
E inscrita também está a Rosa, bem vinda, quase parente minha, pois ambas temos um irrequieto Louro na lembrança.
Mari, ah, surpreendente e multifacetada Mari. Eu a julgava adultamente séria e é uma menina. Julgava meninamente irrequieta e é uma sábia mulher. É muitas e gosto de todas elas.
Afilhado: Júlio. Chegou chegando, ocupou espaço, linhas e meu coração. Ensina aprendendo. Sôfrego de vida, lindo e intenso. Coragem feito carne, sangue e letra.
E a mulher maravilha? veio também. Se bem que no caso está mais pra mulher maravilhosa. Um pouquinho cada dia e cada dia me encantando mais.
Queridíssima e na corrida Glória, ela é esfuziante e intensa e cativante. Há calor nas suas palavras e no seu viver.
Minha querida K. que foi chegando sorrateira e antes que eu dissesse não...mas eu nunca diria, porque suas reflexões e dores e sussurros sempre me comovem e conquistam. Um post sem seu comentário é um tantinho menos interessante.
Dona Mila, que me deve um chopp. A quem eu devo vários sorrisos e viradas de mesa. Eu não lembro a primeira vez que cuspi junto, mas não deixo mais é de jeito nenhum.
Rafa, nenhuma resposta seria possível pra isso aqui: Eu gosto do Borboletas porque ele é a sua carne, tem o brilho do seu sorriso (que eu já vi mesmo!) e derrama um pouco de você pelos meus dias. Eu preciso de você, tá?
Ai, a Liliane. Chegou, chegou, chegou. Que bom, porque faz tempo que a espero. De um rosto bonito a letras aconchegantes. Fala mais, fala mais.
E, surpresa, olha quem tá aqui: Mari Moscou. Vocês que não sabem da lista, não sabem da minha satisfação de sabê-la aqui. Porque, né?, quando pessoas que a gente admira nos admiram a gente (leia-se EU) fica toda besta.
Tão besta quanto fico quando a Cah passa por aqui. Porque ela é encantamento feito escrita. Ela tem a suavidade e a força que me deslumbram.
A Drixz também veio. Você não sabe quem é? Eu sei. É aquela blogueira que consegue ir sempre ao ponto, sempre precisa e inteligente e, zás, o humor pra te puxar o tapete e te deixar sem ar, sem prumo e cheia de idéias. 


A Lori se inscreveu (acho). A Lori começou amiga de uma amiga (a Dani, aquela que tem olhos no coração e coração em todo canto) e hoje é amiga amiga. Com ela partilho blog e tudo mais que ela quiser.
E S., puxa. Você foi a primeira amiga virtual que virou abraço de verdade, cerveja de verdade, colo de verdade. Você, só isso.
Teve muito mais gente passando por aqui e alegrando meu ano, minha vida. Não vou nem tentar listar pra não ser injusta, mas quero dizer um obrigada especial aos que escreveram guest posts aqui no Borboletas.
Mas vou abrir uma exceção e falar da Rita. Porque? Porque quero um bem imenso a ela. Porque ela é doce e forte e contundente e bela na medida exata e, especialmente, companheira, e estaria aqui inscrita em outro momento. Porque foi no blog dela que conheci tantos outros amados e aqui referidos. Porque um dia será café e bolo. Porque quando tudo mais dá errado eu vou lá espiar a Estrada. Porque querer não tem explicação, só presença.
Bom, o sorteio será amanhã, fotografado e tudo, certo? 

17 comentários:

Caminhante disse...

Nós é que te agradecemos - sempre tão generosa nas palavras, nos textos, na sinceridade. Foi muito bom tê-la conhecido e leva-la junto para 2011!

Belos e Malvados disse...

Eu já disse e repito, também I love you. Obrigada pelo carinho, pela gentileza, pela companhia sempre. Um beijo.

Shuzy disse...

Querida, você sempre me surpreende... E de um jeito tão gostoso!
Adoro mesmo, do fundo do coração!

Júlio César Vanelis disse...

Madrinha... Eu fiquei todo derretido com a forma com que você me descreveu. xD
Cheguei chegando e chagaria quantas vezes fossem necessárias... Aqui, no borboletas, eu me sinto em casa!!!

Um beijo madrinha... Até amanhã!!!

Amanda disse...

Nossa, que lindo borboleta! Acho que vc me deu o maior elogio possivel: eu sou um presente! :) Um beijão e até amanhã!

HG disse...

Eu te amo!

Juliana disse...

Ahhh, eu quero ganhar esse sorteio,hein? Olha, meus poderes paranormais dizem que vou ganhar esse livro aê! kkkkkk

A postagem, não quero, não, porque vai ser difícil escrever qq coisa chique o suficiente pra chegar à altura das bonitezas que tu escreve aqui.

Sapeca e Sábia? nunca fui chamada nem de um nem de outro na vida! kkkkkkkk ADOREI!

Atitude do pensar disse...

Ai, Lú... Com você já tenho apreendido o desejo pela vida e agora a gostar de natal. Muitos cheiros!!!

regina disse...

Luciana, menina do sorriso largo, tao largo que deixa transparecer a alma,eu nao demorei o suficiente para vc me conhecer, mas vc ja impactou meu sentir!!!! Felicidades, muitas!!!!
HAPPY NEW YEAR!!!!!!!!!!!
regina

Palavras Vagabundas disse...

Lu, fiquei mais que comovida...sou mesmo meio chorona...
Este ano entre as coisas boas foi encontrar você e as suas asas de borboleta sempre tão suaves mas que vão longe.
bjs carinhosos
Jussara

Mari Biddle disse...

Você fez meu dia mais feliz com essa descrição do que você vê em mim. Estou feliz de ter amigas virtuais com quem compartilho tantas afinidades. Já pensou se um dia nos encontrarmos? A gente devia muito se encontrar.


Um beijão.

Rosa Lopes disse...

Luciana eu não esperava, mas sei que precisava de um carinho assim hoje...
Tô tão feliz, ai, ai.

E claro, claro que vou visitar todo mundo que vc citou, referências assim não se encontra todo dia.
Bj e tudo de bom em todas as festas, tenham o nome ou a forma de comemorar que melhor vier.
Rosa.

Gui disse...

Julho, chega logo?

Mari Moscou disse...

Aaaaah, para de ser fofa meeeeuuuu que eu to corandooooo

:)

Eu é que admiro, criatura! :)
Beijinho!

Glória Maria Vieira disse...

"Queridíssima e na corrida Glória, ela é esfuziante e intensa e cativante. Há calor nas suas palavras e no seu viver."

Fez-me chorar... Acho que você, minha querida Luh, que fez despertou em mim o lado poético adormecido e, até quem sabe, sufocado. /ando muito melancólica. kkk :/ Não ligue, viu!?:~

Menina no Sotão disse...

Carissima dona borboleta de asas coloridas, hoje eu não tenho nada a dizer. Não mesmo. Estou aqui vestindo o meu sorriso e esse meu sentir lateral. Só isso.
Fico feliz por saber-te através de tuas mágicas palavras. Pronto. Agora vou navegar porque tem um oceano inteiro aqui diante de mim. Bacio

Wonderwoman disse...

COmentei e agradeci no twitter, mas nao podia deixar de vir aqui... (mesmo com essa bagunca que eh o fim de ano e com o teclado sem acentos)

De mulhermaravilha nada tenho, apenas me divirto. De maravilhosa, apenas aos olhos de pessoas tao mais maravilhosas e incriveis como voce, que me fazem ser mais!
esse contato virtual fez do meu ano tao bom!
beijo grande de uma MulherMaravilha para outra! (nao somos todas?)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...