sábado, 17 de julho de 2010

Um novo blog ou Nada sobre Tudo

Calma, gente, calma, não é um novo blog MEU. É um novo blog entre os que me fazem companhia, animam-me a pensar, divertem-me, inquietam-me e todas essas coisas boas que palavras alheias costumam provocar quando bem pensadas, pesadas e escritas. Então.

No meu passeio diário por aqui (alô, alô, lindinha do meu coração) acabei me deparando com referências a este blog aqui. Pra ser bem sincera, já tinha visto o nome ali, no cantinho da página dela, mas nunca tinha me animado. Sei lá, preguiça mesmo de abrir olhos e coração. Desta vez, fui lá. Que bom que fui. Foi inspirador, deu vontade de comentar posts antigos, deu raiva, deu fraco de riso, um barato. O moço sabe escolher assunto, não tenha dúvida disso. Concentrei-me no mês de julho e colhi algumas idéias que bulinaram com meu juízo:

1. Preciso que as coisas dêem um pouquinho errado para voltar a ser quem eu sou de verdade. Frouxo de riso, claro. Na hora. Poxa, eu invento drama. Sou a rainha da realidade inventada. E é porque tenho vida irretocável de felicidade. E lá venho eu com meus ai, ai, ais e ui, ui, uis. Perfeito. Brilhante. Você é o cara. Bondade demais é para os fracos. Sessão dupla de Dogville e Psicopata Americano, por favor. Sem gelo.

2. Relacionamentos. Eu nem gosto do Chris Rock, mas devo admitir que, sábado a noite, depois de receber uma ligação que ainda não consegui decidir se deve ser objeto de ternura, raiva ou acentuar o desejo, rir desse assunto é um remédio quase tão bom quanto ver filmes (aha, olha o propaganda pra meu outro blog). Eu pratiquei meu álibi na frente do espelho, confesso (não, não vou explicar a piada, quem quiser vá lá ver). E sim, desisti por causa de CSI. Amar é uma droga. Vicia.

3. Mulheres são mais bonitas vestidas. De poucas coisas no mundo eu vou discordar tanto. E com tanta veemência. Mulheres são lindas nuas. Todas. De qualquer idade. Jovens demais pra ter seios. Velhas demais pra que eles não se curvem. A nudez feminina é plangente. Inquiridora. Tocante. A nudez feminina, aquém ou além do sexo, é sempre arte. Homens, podem deixar pra despir-se apenas e só para o sexo (fica-lhes bem este momento). O corpo feminino, não, esse se presta a um prazer estético que poucos Davis nos oferecem. O corpo feminino é um ponto de interrogação.

4. Porque acreditar no de Jerusalém e não acreditar no de Pindamonhangaba? Essa tá mais difícil de responder. Porque, na verdade, ultimamente eu só ando acreditando em coisas passíveis de se ver e tocar. Plagiando o Verissimo, eu não acredito no Antonio Banderas, por exemplo.

5. Crepúsculo é uma franquiazinha. Tenho que concordar. Com tudo. Até com as piadas meio machstas sobre cruzar, HQEH* e todas as demais expressões meio machistas do post. Vampiro purpurina ninguém merece. Concordei e me diverti. Quem ama Senhor dos Anéis e não concordar com isso que atire a primeira pedra. Mas avise, pra eu me desviar.

6. Lista de Livros. Não, não vou fazer neste post que já está enooorrrmmee e tem uma porção de gente desistindo de ler ali, perto da metade. Mas que está a caminho, está.

7. Só de lembrar como um relacionamento é complicado, as cobranças, o ciúme e desconfianças já me dá um arrepio. Não. Não mesmo. Eu não sei de que planeta sou, não sei dizer como me sinto estrangeira e estranha. Porque eu só tive felicidades. O que tinha de ser bom sempre foi e, quando não era bom, não era mais. Pra mim relacionamento é simples. Gostoso. Fácil. Não sou cheia de bancas e nem entendo quem é. Viver já é por demais em carne viva pra gente não deixar viva a carne. Ok, eu sou ótima companhia pra mim mesma. Ok, há livros, filmes, cervejas e luas. Ah, há violões. E, hoje em dia, blogs. Mas enroscar em um pescoço, vamos concordar, é a cerveja do bolo (não errei não é que não curto cerejas).
Um adendo matinal: poxa, tem que ir com jeito. Um tantinho de paciência ajuda pra caramba na hora de ir atravessando fronteiras.


Aí eu assisti Senhor dos Anéis com meu filho e me deu vontade de escrever sobre meu personagem preferido. Mas amanhã escrevo. Sem falta.

Outro selo. Fiquei feliz, feliz, feliz. Ganhei outro selo. Pra variar, apanhei primeiro pra entender o que fazer. Mas, se entendi direitinho, é assim:

a) Eu fico contente de alguém mais legal e mais generoso que eu ter me indicado pra receber um selo tão fofinho assim. Poxa, a Insana admira meu blog. Eu tô que tô. Vou abrir uma cerva e comemorar.

b) Eu escolho dez blogs de gente mais legal que eu e que eu admiro e passo o dia arrudiando. Fácil, fácil (fácil chegar a dez, difícil é parar). São eles:

- Já Matei por menos: http://mateipormenos.apostos.com/

c) Eu digo alguma coisa sobre essa galera aí em cima. Bom, Estrada Anil eu já derramei meu bem querer. Me alegra, me anima, me enternece. Caso me esqueçam é carinho novo, humor ácido, quando vou quase não saio de lá, leio e releio. Tanta Coisa, meu querido Rafa, que advinha palavras que eu nem sabia que ia pensar. Mais Outra vez...não quero nem imaginar essa menina quando mulher. Carta de Tarot, porque o perto às vezes a gente encontra longe pra depois saber que tá perto. Nunca sozinha quero ser: porque mostrar a alma é mais, muito mais doloroso que mostrar o rosto. Caminhante Diurno: o meu blog também é sobre nada. Sublime Sucubus: não, não vou explicar, vocês estão lendo o nome, poxa! Já matei por menos: nem sei como cheguei lá, mas nunca mais consegui deixar. Ouça Nina: se inveja matasse, eu morria duas vezes ao dia, de onde ela está e da leveza com que escreve.

10 comentários:

Insana disse...

Ficou muito lindo parabens rs
olha apanhar faz parte ta rss

bjs
Insana

Pistoleiro Corvo disse...

Adorei o blog, e a cor me hipnotizou.
Adoro vermelho...

Passarei mais vezes.
Abraços.

Rita disse...

Ah, linda, obrigada! Quanto carinho, quanta honra, que alegria. Muito obrigada, mesmo. O melhor do meu blog são as pessoas que ele me traz.

Beijo pra você.
Post a seguir.

Rita

Turmalina disse...

Obrigada, querida!!!
Amanhã coloco o selo no blog. Adorei a menção!
Bjosss

Caminhante disse...

Um brinde aos blogs sobre nada! o/´

Obrigadíssima pela homenagem, fiquei muito feliz. E fico feliz também quando os blogs começam a unir as pessoas, da gente frequentar um e quando vê acaba conhecendo outro muito interessante. Concordo com a análise que você fez do Chicuta - é um blog para amar, discordar, se posicionar, nunca ficar indiferente!

Borboletas nos Olhos disse...

Insana, quase tudo faz parte...

Pistoleiro Corvo, volte sempre...eu já registrei o caminho do seu rubro-negro blog.

Rita, o mundo virtual tem me dado muitas alegrias...voce e seu blog são das maiores

Turmalina, que bom que gostou

Caminhante, tin-tin. Amei receber sua visita e sua análise. Bjs

Caso me esqueçam disse...

te respondi la no blog, mas o faço por aqui tambem: muito-obrigada. muito legal o significado de ganhar um selo. me estimula muito a escrever! e assim, agora, eu fico conhecendo tambem o teu blog! :)

valeu mesmo!
beijo!

Lica disse...

Ufa

Borboletas nos Olhos disse...

Caso me esqueçam, que gentileza a sua. Obrigada pela visita. Bjs carinhosos

Lica, gracinha, né?

Ricardo Chicuta. disse...

Muitoooooooo obrigado.Adorei.Continua passando lá.:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...