sábado, 10 de julho de 2010

Direto do pote...

Como todo mundo sabe sou uma pessoa controlada, equilibrada, contida. Por essas peculiares características, talvez, é que eu escreva seis blogs. Pois é. Seis. Um deles com amigas muito queridas. é de lá que roubo minhas próprias palavras pra postar aqui hoje. E, se alguém quiser saber, João Pessoa é linda mesmo e S. é uma delícia cremosa (como ela mesma diria).

A amizade é um amor. Um amor feito de delicadezas e muitas imperfeições. Um amor feito de partilha. Feito de confissões e de gaitadas. A amizade é colo. E carão. Amizade é surpresa, é descoberta, é improviso. E é constância. Para o amigo tudo se diz, mas, principalmente, tudo pode ser desdito e o amar continua. Amizade é limite. Nosso. Do outro. Amizade é tempo se fazendo abraço e abraço se fazendo certeza. Amizade é falar muito e por muito tempo sobre nada e, ainda assim, ser das melhores conversas que já se teve. Amizade é andar lado a lado em silêncio sem se preocupar com isso, cada um perdido em seu labirinto de sentidos. Amizade é construir um dicionário conjunto, uma linguagem tão íntima e própria que a gente se surpreende de ter havido uma época em que não se falava assim. É assim que sinto. Sinto a amizade como uma graça, um dom, um presente, uma alegria. Sinto a amizade como uma coragem. Sinto a amizade como um amor.

2 comentários:

Rita disse...

Natural: tanto talento não caberia em um blog só.

Bj
Rita

Hertenha Glauce disse...

Obrigada por sua amizade!
Te amo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...