domingo, 30 de maio de 2010

O que eu gosto em um homem - Parte 1

Um tantinho por causa do Navarro,
outro tanto por causa da Nanica


É uma série. Serão sete partes e bem podia estar lá no Pintando o Sete, mas como ainda estão faltando posts sobre Adélia Prado, Marguerite Duras, Clarice Lipector, e Simone de Beuvoir ...

Esse não é um tema fácil, afinal eu sou uma inacabada, contraditória e verborrágica, como posso ter a mínima idéia do que gosto em um homem? Geralmente eu gosto dos homens que eu gosto e pronto. Mas estava vendo umas coisas que me deram assim um nó na garganta e eu resolvi escrever. Foi, também, pensando na minha amiga Nanica - que me disse uma das mais belas coisas que alguém já me disse: vendo Casablanca eu te entendo um pouco mais (ok, ok, não foram essas as palavras, mas eu não ando com gravador e o sentido era esse) - que dei cabimento a essa idéia.

Então, lá vou eu.

O que eu gosto em um homem? Que ele seja inesquecível. Que tenha um estilo único. Que esteja sempre lá. Que antecipe meu passo, que me ponha tonta, que segure a minha mão. Um homem elegante, mas com um ar meio vagabundo. Que faça eu me sentir bonita como nunca e me revele uma alegre divorciada. Que sapateie na areia pra me fazer dormir*. Que me convide pra dançar um ritmo louco. Gosto de um homem que, estando ao meu lado, me faça sentir como uma Cinderela em Paris vivendo suas núpcias reais. Gosto de um homem que me dê classe e que me faça graciosa.
Gosto de um homem que seja insubstituível. Outro amor, sim, mas nunca como ele. O que eu mais gosto em um homem é que ele me faça falta. E que eu nos imagine em um rodopiante abraço, leve, terno, sensual.


*Não é nesta cena, mas é neste filme.

** Dá pra acreditar que, em um teste, ele foi avaliado assim: ''Não sabe cantar. Está ficando careca... dança um pouco''

3 comentários:

ALEX disse...

Bom e do homem que faça???

"Take My Breath Away....


Um cheiro

Alex

José Navarro de Andrade disse...

Borboleta: você comoveu-me. Não lhe bastava ser do Brasil que eu gosto e desconheço o Brasil "lá de dentro", enorme e quente, do sertão e da terra por desravar, como ainda me faz uma destas... Chega dizer obrigado?

Paulo disse...

Hmmm... também quero esse homem!!!! Apresenta?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...