terça-feira, 9 de março de 2010

A sem teto...

Sinto saudade da casa que ainda não tenho. Talvez este não seja o sentimento preciso, mas se aproxima. Sinto falta de quem eu vou ser morando lá. Eu já vi e revi essa pessoa e como eu gosto dela! Ela cozinha ouvindo/espiando dvds, tipo, sei lá Maricotinha, Toquinho, Zeca Baleiro. Ela tem a geladeira grande, cheia de produtos diferentes pra fazer saladas que ela nem advinha se vai gostar ou não. E um liquidificador/multiprocessador. E faz sanduíches de vários tipos e sabores pra agradar seu filho. E tem uma prateleira de temperos que às vezes estragam porque são tantos etantos que não se usa todos. Ela viaja pra fazer o mercantil. E, finalmente, descobre o que significa colocar a massa pra descansar. Ela adora tomar banho de chuveirão no quintal com o filho que já é quase um rapaz. E odeia lavar as roupas que estende no quintal ensolarado. Ela e ele, mãe e filho, se esticam em almofadões na sala lendo livros e tirinhas da Mafalda. Ela passa no corredor reclamando que já é tarde, desliga o video game, vai dormir que amanhã tem aula. Ela é um pouco ranzinza, convenhamos. Ela lava os banheiros tomando banho e chama a faxineira uma vez na semana, porque odeia passar pano na casa. Ela não sabe faxinar, mesmo. Ela chega em casa à noite, cansada da aula, dos alunos, dos senões, e senta na varanda, estica as pernas e bebe, só e feliz, uma (ou várias) taça de vinho antes de ligar o computador no colo e ver as últimas novidades em emails e blogs. Ela dança sozinha no quarto, música muito alta, pulando e cantando (gritando?) suas partes preferidas. Há livros empilhados no pé da sua cama. E em cima da cama. E em quase todo canto. Ela, às vezes, acorda a noite e passa perto da porta do outro quarto só ouvindo a respiração do seu bebê de doze anos. Tá dormindo? Tá. Se ela trabalha de manhã, faz isso no escritório em casa e à tarde vai pra Universidade ralar em outro lugar. Mas, quase sempre, a manhã é pra seus chamegos pessoais: ler, tv, cozinhar. E, se tiver meio deprê, dormir. Ela gosta de receber os amigos. Ela cozinha, limpa, conversa, derruba coisas, ri alto. Dá festas. Encontros. Bate-papos. Não importa, tem gente, é bom. Ela decora a casa no pensamento, enquanto não tem dinheiro pra comprar móveis, e muda o estilo zilhões de vezes que travesseiro é quente e barato. Ela abandona a casa sem pudor, bandoleira, pra visitar parentes e amigos de todas as distâncias. Ela acorda cedo no domingo, limpa a bagunça da festa da véspera, deixa uma salada pronta, tempera o peixe e dorme um bom sono das dez ao meio dia. Ou, acorda cedo, vamos logo meu filho, e se penera pra praia. Ela aluga dvds. Mais do que os que consegue assistir. Ela se perde na internet planejando viagens que não sabe se vão acontecer. Ela usa batom, lenço e lembra de passar hidratante antes de dormir. Ela chega tarde às vezes e sobe pé ante pé pra não acordar ninguém. Ela gosta de ir tomar sorvete na praça, mas o filhote já acha mico e prefere pedir sushi em casa. Ela dorme sem roupa e anda pela casa só de blusa enquanto o guri tá na escola. Ela assiste noticiário e chora com os desastres, irrita-se com os escândalos e ri dos absurdos humanos. Isto tudo sozinha, de madrugada, que jornal só presta o último. Ela come, dorme, ri, transa, bebe, ri, conversa, sofre, chora, pensa, esquece, ri, vive. Eu quero a minha casa!

PS. Até procurei uma ilustração da casa de doces da bruxa do João e Maria...faz de conta que.

4 comentários:

Wládia disse...

Você é linda! Que saudades da tua poesia. Até estendendo roupa!!! Beijos

Danielle disse...

como você consegue não esquecer de nenhum detalhe?!
perfeito!

Mari disse...

Sempre gostei de detalhes, e você é PHD nisso..além de passar todo seu sentimento e me fazer imaginar cada acontecimento...viajei pra pertinho de você lendo isso ;P

ALEX disse...

Bom resumo e pela riquezas de detalhes, mas o importante nunca esqueça de viver e de sorri.

Agora com todo o respeito e perdoe a impertinência, mas gostei da parte:

"Ela dorme sem roupa e anda pela casa só de blusa enquanto o guri tá na escola"

Um Cheiro

Alex

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...