segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Ha qualcosa ha dichiarare? (IX)

Quem tem boca vai a Roma, diz o ditado, e eu ja entendi pra que...pra mante-la aberta diante de todo esplendor. Descobri, enfim, que passei a minha vida toda treinando pra estes momentos, fiquei de boca aberta nestes 34 anos pra nao errar na hora exata em que precisasse realmente fazer isso, ou seja, na minha viagem a Roma. Sei que eh mais do mesmo, mas como dizer alguma coisa diferente? Eh tudo realmente lindo. Anos e anos, vidas e vidas, feito historia, feito marmore, feito predios, todos ali, ao alcance da mao ou, mais exatamente, ao alcance da maquina. Foi uma manha de sonho. Piazzas e piazzas, chievas e chievas, palazzos e palazzos numa sucessao de deslumbre que cansa os pes mas nunca a alma. Alguns destaques, nao hieraquicamente selecionados, apenas eh o que me vem primeiro pra registro: Area Sacra e Piazza Navona. Mas ha muito mais, as fotos dirao o que minhas palavras so rodeiam. Antes de voltar ao hotel e colocar os pes pra cima, uma passadinha pela Fontana di Trevi. Todos os dias, todas as vezes que eu sair, serah parada obrigatoria. Porque em todos os horarios ela eh encantadora. Ela me encanta. Alias, conversando com Aninha, tive uma epifania: gracas a Deus nao preciso escolher um local pra morar em Roma, seria muito dificil...ha apenas um lugar em que eu tenho certeza de que nao poderia morar: em frente a Fontana di Trevi. Eu temeria morrer jovem...ver a Fontana diariamente ia gastar meu coracao. Enfim, alem de andar e babar, tomamos gelatto, eu perdi o cartao que abre a porta do quarto de hotel, segui razoavelmente o mapa, descobri onde comprar as lembrancas pros familiares, enfim, coisas de Luciana/Lucthiana...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...