quinta-feira, 9 de julho de 2009

Vara verde

Eu estou bem em Mossoró, mas não estou feliz. Sei disso por causa da frase de Eric Weiner que diz: "talvez a felicidade seja isto : não sentirmos que devíamos estar noutro lugar, a fazer outra coisa, sendo outra pessoa." Bom, é claro que eu não quero ser outra pessoa, gosto bastante de mim (dúvidas, ler o post abaixo). Mas muitas vezes, em Mossoró, tenho um impulso de estar em outro lugar, um lugar em que você estivesse; fazendo outra coisa, de preferência uma coisa que incluísse muitos e muitos beijos em você. É assim que sei que serei feliz este mês em Fortaleza. Porque estarei com você. Porque faremos coisas juntos. Coisas alegres. Coisas cansativas. Coisas entediantes. Não importa. Sei que estarei bem enquanto estiver ao seu lado.
Às vezes (para ser sincera, muitas vezes) isso assusta. Esta devoção, esta entrega, esta esperança. Porque fui, por muito tempo, a amada e não a amante. Porque era eu que podia ir embora qualquer dia. Porque eu sabia que livros e filmes me bastavam. Porque eu não temia. Hoje, eu me assusto comigo e com a intensidade do meu desejo. Antes eu admirava e duvidava das grandes paixões da literatura/cinema. Hoje me indago se elas não são muitos menores do que o que hoje conheço de ânsia e afeto.
Eu bem sei que você não é o portador da minha felicidade. Que sou eu a responsável por mim mesma e todo o blá, blá, blá referente a isso. Mas quando seu olhar se desvia do meu, vixe, meu coração quase pára. Você não é o portador da minha felicidade, mas é a base material pra ela. E isso dá medo. Medo de não viver esse amor. Mas, algumas vezes, medo de vivê-lo. Porque ele me arrebata e me tira (d)o controle. Vixe. São medos pra tirar com rodo: medo de não fazer o certo (o que quer que seja isso), medo de você ter medo, medo de me magoar, medo de lhe magoar, medo da gente ser muito pequeno pra esse amor tão grande. Só uma coisa me conforta: saber que o herói é apenas aquele que não teve tempo de correr. Eu não tive tempo.

4 comentários:

Contra a Maré disse...

Histérica!!!!!

Aline disse...

Você se mostrou aqui tanto, naquilo q nem é tão bom mostrar: medos, dúvidas, ansiedades. assim vejo mais e mais de você cada vez q leio, e cada vez confirmo mais o que ja sei: vc é linda!

silvia varela disse...

arre égua!!!!!!! chega doeu a alma...

Nara disse...

Adorei! O herói é o que não teve tempo de correr kkk! A gente com essa mania de andar devagar sofre! Tu é ótimaaaa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...