quarta-feira, 3 de junho de 2009

Associação Livre (ou quase)

A saudade. Escrevo e não sei continuar. Saudade e pronto. Ponto. Saudade é o que não dá pra dizer. É um furo sem borda, corte sem cicatriz nem sangue, morte sem esquecimento. É o soluço do pranto, o espanto, o hiato entre a dor e o grito. A saudade é não agüentar, cometer sandices, saber e de nada adiantar. A saudade é o que incrimina, o que insiste em maltratar, o que não termina. Saudade é a sombra do que não existe. A saudade é em mim e eu nada sou. Há pouco tempo te disse que entregar-me assim é um risco. Um risco não calculado. Um risco que, em seu movimento, repete um grito. Um risco pode ser uma letra. Um risco pode ser uma palavra. Talvez, a palavra amor. Eis o risco que torno a assumir. Renovo aqui meus votos. Sim, eu me lembro de você. Você é o meu coração batendo rápido, a boca seca, o sal escorrendo dos olhos. Você é o latejar no ventre, o grito interrompido, o sorriso permanente. Você é em mim o tempo todo, como eu poderia esquecê-lo?
No Grey's Anatomy, mais uma frase perfeita para assombrar meus sentimentos: a vida é tempo emprestado e cada pessoa é uma perda futura. Quase nunca tenho medo disso. Eu me rebolo no abismo de te amar. Mas, às vezes, eu tenho medo do nosso medo. Ser feliz não é simples nem fácil. É preciso tomar decisões, fazer escolhas, abandonar coisas. Coisas preciosas. Permanecer no medo é mais seguro. Confortável. A gente já sabe que as coisas são feitas para findarem. É fácil confirmar isso. Mas eu não quero. Eu quero, como cantava Cazuza e Caetano, eu quero a sorte de um amor tranquilo. Quero fazer inveja aos deuses do Olimpo. Quero a dor e a delícia de ser o que é. Quero amar você de todas as maneiras que puder viver você. Ah, eu quero, quero tanto que você me aceite do jeito que eu sou...Por aí vai, num deslizar de sentidos, quereres e dizeres que dizem isso: fique em meus braços e nós seremos mais. Mais felizes, quem sabe.

Um comentário:

Hertenha Glauce disse...

Você que tanto tempo faz... que me vira a cabeça...é o dom de iludir..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...