sexta-feira, 5 de junho de 2009

Chupando Drops de Anis (3)...

Eu tentei resistir, juro que tentei. Eu tinha boas intenções. Mas, convenhamos, é só olhar pra ele que as intenções boas se retiram apressadamente e ficam só as outras. E ele apareceu duas vezes nestes últimos dias. Não, não fique com ciúme. Ele não é meu tipo. É o tipo de todas as mulheres. 
Eu o conheci por acaso, amando Desirée(1). Fiquei hipnotizada, mas desconhecia ainda sua grandiosidade, embora já fingisse ser Napoleão. Depois vieram pecados (2), motocicletas (3), experiências aéticas (4), impérios (5), situações que vi, mais ainda, vivi, na esteira do seu olhar. As outras mulheres, sempre ali, por perto: Stellas e Blanches(6), Ellens (7), Nataschas (8), quase nunca lhe fazendo feliz. E tantas situações limites: ser manipulado em sua ingenuidade(9), enviar seu filho para longe e sacrificar-se por seu mundo (10), sozinho tentar fazer cumprir as leis entre loucos e covardes (11), tentar obter justiça num país de leis desumanas(12)...fica-se a pensar como ele pode manter aquele rosto impávido quase todo tempo. Uma das melhores provas de seu poder de expressar o que tem que se expressar apenas na exata medida é o depoimento que li num blog denominado 50 anos de cinema, diz o autor que em Um bonde chamado desejo, filme P&B, ele viu Brando ficar lívido de raiva.
Sim Brando, meu Chefão (13), meu Don Juan (14), meu Kurtz (15). Ele é minha questão ambulante, como se pode ser tanto – bonito, talentoso, inteligente; ter tanto – dinheiro, fama, prazeres, trabalho; perder tanto – família, saúde, autoreferência e sobreviver – senão incólume – sobreviver?
Frases grandiosas se tornam ainda mais impressionantes na sua voz, como as duas já mencionadas neste blog ou esta, de Marco Antônio: “Amigos, cidadãos de Roma, ouvi-me; venho enterrar César, e não louvá-lo. O mal que o homem faz vive após ele, o bem se enterra às vezes com seus ossos”. Ele também torna grandes as frases sobre ele, como a de Bertolucci: Marlon estranhamente domina os espaços. Mesmo se ele estiver absolutamente parado, digamos, sentado numa poltrona, ele já tomou para si aquele espaço privilegiado.
Brando é um espanto. Uma beleza. Uma força. A câmera se apaixona um minuto antes que qualquer olhar e nos faz gravitar ao redor dele. Gordo, doente, frágil, ainda assim ele é mais em cena. Resta aos outros, quaisquer outros, de Liz Taylor a Johnny Deep, o lugar de coadjuvante. Na lista da AFI ele está em quarto lugar. Não dá pra contestar muito, antes tem Bogart, Cary Grant, James Stewart e, logo abaixo, Fred Astaire. Talvez se pudesse fazer uma lista horizontal, porque estes foram todos imensos de uma forma distinta.
Brando ganhou 02 Oscars e recebeu mais seis indicações. Ainda assim, disse à revista Time que uma estrela de cinema não é nada importante. Segundo ele: "Freud, Gandhi, Marx - essas pessoas são importantes. Atuar é tolo, chato e um trabalho infantilóide. Todo mundo representa - quando queremos algo, quando queremos que alguém faça algo; atuamos o tempo todo." Okay, okay, mas ninguém o fez como Brando.

Filmes Citados:

1.       Desirée, o amor de Napoleão

2.       O pecado de todos nós (o segredo de todos nós)

3.       O Selvagem

4.       A ilha do Dr. Moreau

5.       Júlio César

6.       Um bonde chamado desejo (uma rua chamada pecado)

7.       Espíritos Indômitos

8.       A Condessa de Hong Kong

9.       Sindicato de Ladrões

10.    Superman

11.   Caçada Humana

12.   Assassinato sob custódia

13.   Poderoso Chefão

14.  Don Juan de Marco

15.  Apocalypse Now

PS - E eu nem falei de O último tango em Paris, Duelo de Gigantes, Viva Zapata, Os deuses vencidos, O grande motim...

PS2. Alguém pode se perguntar por quê não coloquei nenhuma imagem ou vídeo...aí eu é que pergunto, precisa?

2 comentários:

Liana disse...

Amo Brando, mas... VAI TRABALHAR!

Aline disse...

Comentário geral: essa semana me senti perto de você... pude de sentir menos só, lendo essas coisas que você escreve, que simplesmente fluem... cinema, cabelo, inveja, amizade, amor, amor, amor...! Maravilhosa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...