quarta-feira, 27 de maio de 2009

Por que assisto Grey's Anatomy

Tem gente que acha over, brega, superficial, sei lá...Mas tem estas falas:

Muitas pessoas não sabem que o olho humano tem um ponto cego em seu campo de visão. Há uma parte do mundo a qual somos literalmente cegos. O problema é que às vezes os nossos pontos cegos nos protegem de coisas que realmente não deveriam ser ignoradas. Às vezes nossos pontos cegos mantêm nossas vidas claras e brilhantes. Pensando sobre os pontos cegos, talvez os nossos cérebros não estejam compensando... Talvez eles estejam nos protegendo.
 As três palavras que você sabe que eu sinto, mas não posso dizer, porque seria cruel lhe falar, porque não sou bom para você.
 As pessoas possuem cicatrizes. Em todos os tipos de lugares inesperados. Como mapas secretos de suas historias pessoais. Diagramas de suas velhas feridas. A maioria de nossas feridas pode sarar, deixando nada além de uma cicatriz. Mas algumas não curam. Algumas feridas podemos carregar conosco a todos os lugares, e embora o corte já não esteja mais presente há muito, a dor ainda permanece. O que é pior, novas feridas que são horrivelmente dolorosas ou velhas feridas que deviam ter sarado anos atrás mas nunca o fizeram? Talvez velhas feridas nos ensinem algo. Elas nos lembram onde estivemos e o que superamos. Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro. É como gostamos de pensar. Mas não é o que acontece, é? Algumas coisas nós apenas temos que aprender de novo, e de novo, e de novo
Você nunca sabe quando o dia mais importante da sua vida será o dia mais importante. Não sabe até que aconteça. Você não reconhece o dia mais importante da sua vida, você só o reconhece quando você esta no meio dele. No dia em que você se compromete com algo ou alguém. Quando você tem seu coração partido. Quando você conhece sua alma gêmea. Quando você se da conta de que não tem tempo suficiente e que quer viver pra sempre. Esses são os dias mais importantes.
Os dias perfeitos.
Nós passamos toda nossa vida nos preocupando com o futuro, planejando para o futuro, tentando prever o futuro. Como se imaginar fosse, de alguma forma, amortecer o impacto. Mas o futuro está sempre mudando. O futuro é a casa dos nossos medos mais profundos e de nossas esperanças mais selvagens.
Cristina, eu poderia prometer que esperaria por você. Eu poderia prometer que estaria aqui,na saúde e na doença. Até que a morte nos separe. Mas eu não vou. Esses votos são para casais otimistas, cheios de esperança. Eu não estou aqui em meu dia do casamento otimista ou cheio da esperança. EU não sou otimista. Eu não sou esperançoso. Eu tenho certeza. Eu sou constante. Eu sou um homem de coração. Disto eu tenho certeza. Você é minha parceira. Meu amor. Minha melhor amiga. Meu coração. Meu coração bate por você. E hoje, no dia de nosso casamento, eu prometo a você isso. Eu prometo colocar meu coração em suas mãos, eu prometo a você... Eu
 Tudo tem haver com as linhas. (...) tem a linha mais importante: a linha que separa você ddos demais. Você precisa de fronteiras entre você e o resto do mundo. Outras pessoas são muito confusas. Tudo tem haver com as linhas. Desenhando linhas na areia e rezando para que ninguém as cruze. Algum dia você tem que tomar uma decisão. Erguer muros não mantêm as pessoas do lado de fora, elas cercam você. A vida é uma bagunça, é assim que fomos feitos. Então, você pode passar a vida desenhando linhas ou você pode viver cruzando-as. Mas há algumas linhas que são muito perigosas para cruzar. O que eu sei é: se tiver a chance de ver as coisas de outro ângulo, a vista do outro lado, é espetacular.
 Se lembra de quando era criança e sua maior preocupação era se você ia ganhar uma bicicleta de aniversário ou se ia ter biscoito no café da manhã? Ser adulto... Totalmente valorizado. Quero dizer, não se iluda com sapatos lindos e ótimo sexo e a falta dos seus pais te dizendo o que fazer. Ser adulto é responsabilidade. Responsabilidade é realmente uma droga. Realmente, realmente uma droga. Adultos têm que estar nos lugares e fazer as coisas e ganhar a vida e pagar o aluguel. E se você estiver treinando para ser cirurgião, segurando um coração em suas mãos, hein? Isso que é responsabilidade. Os jeitos de ganhar bicicletas e biscoitos parecem realmente bom, não? A parte mais assustadora da responsabilidade? Quando você erra e deixa isso escapar pelos seus dedos. Responsabilidade é realmente uma droga. Infelizmente, depois que passar da época de aparelhos e sutiãs, a responsabilidade não vai embora. Não pode ser evitada. Ou alguém nos faz encarar ou nós sofremos as conseqüências. E mesmo assim ser adulto tem suas recuperações. Quer dizer, os sapatos, o sexo, não ter pais dizendo o que fazer, isso é muito bom
 Deus ajuda a quem cedo madruga; é melhor prevenir do que remediar. bobeou, dançou. Não podemos fingir que não nos avisaram. Todos nós já ouvimos os provérbios, ouvimos os filósofos, ouvimos os avisos de nossos avós sobre tempo perdido, ouvimos o recitar dos poetas encorajando-nos a aproveitar o dia. Mesmo assim, às vezes temos que olhar para nós mesmos. Temos que cometer nossos próprios erros. Temos que aprender nossas próprias lições. Temos que varrer essa possibilidade pra debaixo do tapete hoje, antes de não podermos mais, até nós finalmente entendamos o que Benjamin Franklin quis dizer. Ter certeza é melhor do que ter dúvida, que acordar é melhor do que ir dormir. E até o maior fracasso, até o pior, mais irretratável erro, supera o inferno de nunca ter tentado
 Eu tenho um tia que sempre que ia te servir, ela dizia "fala quando está bom". Minha tia dizia "fala quando" e é claro, nós nunca falávamos. Nós não dizemos "quando" porque sempre há a possibilidade de conseguir mais. Mais tequila, mais amor, mais qualquer coisa. Mais é melhor. Tem uma coisa a ser dita sobre o copo pela metade. Sobre saber quando falar "quando". Eu acho que é uma linha imaginável, um barômetro de carência e desejo. É uma coisa completamente individual e depende do que está em questão. Às vezes, tudo que queremos é provar. Outras vezes nada é suficiente, o copo é sem fundo. E tudo o que queremos é mais.
 Comunicação. É a primeira coisa que realmente aprendemos na nossa vida. O engraçado é que, depois que crescemos, aprendemos as palavras e realmente começamos a falar, fica mais difícil saber o que dizer. Ou como pedir aquilo que realmente precisamos. No final das contas, há algumas coisas que não dá para evitar de comentar. Algumas coisas que a gente não quer ouvir e algumas coisas que a gente fala porque não dá para segurar mais. Algumas coisas são mais do que você diz, elas são o que você faz. Algumas coisas você fala porque não há outra opção. Algumas coisas você guarda pra você mesmo. E, não raro, às vezes algumas coisas falam por si só.

4 comentários:

Lis disse...

Brega? Over? Com esses pensamentos aí?! Nossa, e eu q assisto UglyBetty, o q será q sou?! rsrs...

Liana disse...

E eu, porque minha irmã me viciou nisso...

Wonderwoman disse...

Eu adoro Grey´s... Se é brega não sei...
Me identifico um pouco com a Grey. Mas Bailey é a personagem mais linda, mais forte, mais mulher, mais mais...
adoroadoro!

shandy disse...

Eu também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...