sexta-feira, 15 de maio de 2009

Madrugada

Quase hora de falar com você e meu coração bate acelerado. Que coisas tenho a dizer? Não sei, apenas palavras soltas como saudade, carinho, falta, solidão, tempo...Que coisas a ouvir? Quaisquer palavras suas me fazem suspirar e ansiar: noite, restaurante, tempo, saudade. A madrugada me dá a ilusão de um mundo nosso, próprio, um espaço de contato e encontro. Não há sons, não há imagens, não há distrações, tenho apenas a vontade de ouvir você, saber seus atos e sentimentos, saber de você. Como a canção: eu preciso saber da sua vida. Saber que a sua vida se encontra com a minha. Saber que a minha vida existe na sua. A madrugada tem mistérios e possibilidades. Como a nossa vida. A madrugada tem beleza. Como amar você. A madrugada tem incertezas...vou ligar, você vai atender?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...